Ir para o conteúdo

Prefeitura de Macatuba - SP e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
Prefeitura de Macatuba - SP
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Rede Social YouTube
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
JAN
07
07 JAN 2022
Macatuba se prepara para nova onda de Covid
enviar para um amigo
receba notícias
Reabertura da UAC, contratação de profissionais da saúde e intensificação da fiscalização são algumas medidas adotadas pela Prefeitura
Diante do aumento no número de casos do novo coronavírus (Covid-19) em todo o Brasil, a Prefeitura de Macatuba reforçou o atendimento na Rede Municipal de Saúde e a fiscalização dos protocolos de segurança para evitar a contaminação pela doença.
Após encerrar as suas atividades no dia 17 de dezembro de 2021 por conta da queda brusca no número de casos, a UAC (Unidade de Atendimento à Covid-19) reabriu as suas portas com atendimento até as 18h. No local, também foram instaladas tendas no ambiente externo a fim de dar mais comodidade aos munícipes e reduzir a transmissão em ambientes fechados. “É muito importante centralizarmos o atendimento de casos de Covid-19 na UAC, porque se realizarmos atendimentos nas unidades de saúde, a possibilidade de infecção é maior”, lembra o prefeito de Macatuba, Anderson Ferreira.
Outra medida anunciada por Anderson Ferreira é a contratação de mais médicos e profissionais de saúde, que já está em curso. “Também estamos adquirindo um teste que detecta tanto casos de Covid-19 quanto de Influenza, que é outra preocupação do momento. Isso é um ganho de qualidade no diagnóstico do paciente, porque o teste atual disponibilizado em nosso município descarta a Covid-19, mas não confirma a Influenza. Com o novo teste, este problema será resolvido”. A expectativa é de que os novos testes estejam à disposição da população já na próxima semana.
Com relação à fiscalização, ela será intensificada a fim de orientar a população a respeito dos protocolos de segurança estabelecidos pelo Governo do Estado de São Paulo, principalmente o uso de máscara em ambientes internos e externos. Em caso de descumprimento, os fiscais irão primeiro autuar para, em seguida, multar em caso de reincidência. Cabe ao responsável por cada estabelecimento comercial garantir o cumprimento das regras nos ambientes internos, pois estes devem prezar pela segurança dos seus colaboradores e consumidores.
“O único protocolo que temos hoje, e que nunca deixou de ser obrigatório, é o uso de máscara. Por isso, o meu pedido encarecido aqui é de bom senso. Vamos evitar aglomerações, seja em ambientes privados ou mesmo públicos. Apesar de a variante Ômicron ser mesmo agressiva, ela também é mais contagiosa. Sabemos também que a vacinação está avançada, porém, cada um precisa seguir fazendo a sua parte. Sempre prego a união, porque somente assim vencemos grandes desafios. E tenho certeza que o povo macatubense vai se unir para que mais este momento de dificuldade, enfrentado por todo o Brasil, possa ser superado”, destaca Anderson Ferreira.
Por falar em vacina, é importante ressaltar que ela é a única proteção garantida contra a Covid-19. Porém, mais de 2 mil macatubenses estão em atraso com a segunda ou a terceira dose, que seguem sendo aplicadas em todas as unidades de saúde do município. O cronograma semanal de aplicações é divulgado nas redes sociais da Prefeitura de Macatuba. Mais informações pelo telefone 3298-9900.
 
Caso de flurona confirmado
Um casal residente no bairro Santa Rita, em Macatuba, procurou o ambulatório médico na empresa que trabalham com sintomas gripais e, após exames realizados em clínica particular, foi constatado que o rapaz está com Covid-19 e a sua esposa com flurona (dupla infecção por Covid-19 e Influenza A).
Após receber os resultados dos exames, a Secretaria de Saúde e Bem-Estar de Macatuba logo deu início ao monitoramento, como é de praxe no dia a dia de trabalho. Ambos os cidadãos estão em isolamento, foram medicados e passam bem.
“A confirmação do primeiro caso de flurona (contaminação por Covid-19 em nossa região era questão de tempo. Ocorreu em Macatuba, mas poderia ser em qualquer outro lugar. Não é motivo de desespero, porém, o sinal de alerta precisa seguir ligado de maneira intensa. Digo que não devemos nos desesperar porque, em ondas anteriores da pandemia, não tínhamos vacina e a estrutura de saúde era bem mais deficitária. Agora, a imunização está avançada, os casos não têm apresentado agravamento e estamos mais prontos para encarar este desafio”, completa o prefeito de Macatuba.
 
Seta
Versão do Sistema: 3.2.3 - 06/06/2022
Copyright Instar - 2006-2022. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia