Ir para o conteúdo

Prefeitura de Macatuba - SP e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
Prefeitura de Macatuba - SP
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Rede Social YouTube
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
JAN
31
31 JAN 2021
Defesa Civil do Estado de São Paulo interdita o CAIC de Macatuba
Decisão temporária segue até a emissão de laudo pericial do IPT, que deve sair em dez dias; problemas graves na estrutura física são observados desde 2019

A Defesa Civil do Estado de São Paulo, regional Bauru, decidiu pela interdição temporária da Escola Municipal CAIC Cristo Rei, principal prédio do complexo CAIC Trajano Maciel Filho e onde estudam cerca de 700 crianças. Durante a visita, que ocorreu nesta quarta-feira (27), os técnicos tomaram a decisão diante das condições do imóvel, que desde 2019 vem sofrendo com problemas estruturais.

“Por se tratar de um prédio escolar com grande fluxo de crianças e servidores municipais, levando em consideração o princípio da precaução, recomendamos a interdição total do prédio até a emissão do laudo pericial pelo IPT (Instituto de Pesquisas Técnicas). Juntamente, será recomendada a evacuação de bens servíveis da ala norte do prédio e a limitação de trânsito de pessoas no perímetro. Recomendamos, também, a instalação de fitas de marcação para verificação de dilatação das fissuras para acompanhar a evolução do quadro”, destaca em nota Sidney Aguiar, coordenador regional adjunto da Defesa Civil do Estado de São Paulo, regional Bauru. A avaliação do IPT citada por Aguiar, que segue nesta quinta-feira (28), levará em conta as condições do solo e a expectativa é de que o laudo fique pronto em cerda de dez dias.

Armando Soares Júnior, presidente da Defesa Civil de Macatuba, conta que visitou a Escola Municipal CAIC Cristo Rei no dia 4 de janeiro deste ano para verificar algumas solicitações feitas pelos munícipes que utilizam a unidade. Diante das condições encontradas (inclusive de movimentação da estrutura), logo foi tomada a decisão de acionar a Defesa Civil do Estado do Estado de São Paulo, regional Bauru, que conta com todos os aparatos técnicos para avaliar a real situação do prédio. “Esperamos as melhores notícias, mas tudo isso vai depender do parecer técnico do IPT”, reforça Armando.

Apesar de a preocupação ser enorme, o secretário de Educação e Juventude de Macatuba, Adriano Aparecido Queiróz, garante que os alunos não ficarão desassistidos. “É claro que sempre aguardamos boas novidades, porém, temos que pensar na possibilidade de não contarmos com a estrutura da Escola Municipal CAIC Cristo Rei. Caso isso ocorra, estamos trabalhando para até, quem sabe, montarmos uma espécie de escola de campanha ali no complexo mesmo, oferecendo uma estrutura segura para todos”. O retorno às aulas em Macatuba, de maneira remota ou híbrida, deverá ser definido nos próximos dias após reunião com conselhos e comitês constituídos “Tal decisão será tomada em comum acordo para garantir que tudo ocorra de forma coerente e segura para todos”.

Os problemas estruturais da Escola Municipal CAIC Cristo Rei começaram a ser observados no primeiro trimestre 2019, quando um forte barulho foi percebido pelos alunos e por uma professora em sala de aula. Na época, o setor de engenharia da Prefeitura emitiu um laudo de que não havia perigo para os usuários do prédio. Após 15 dias, foi emitido um novo laudo por uma empresa especializada contratada pela Prefeitura, no dia 24 de junho de 2019. Chegou-se à conclusão da “existência de patologias graves, danos e configurações típicas de problemas graves de estrutura física, comprometendo a estrutura do prédio; tornando o prédio do CAIC inseguro”.

Seta
Versão do Sistema: 3.1.1 - 05/07/2021
Copyright Instar - 2006-2021. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia