27 de março de 1970 – 10 de abril de 2020 = 50 anos de fé e evangelização.

Há 50 anos, Macatuba assistia pela primeira vez a encenação da Paixão e Morte de Cristo realizada por um grupo de católicos com o apoio do Padre José Corsini e dos fiéis da Paróquia de Santo Antônio. A data era 27 de março de 1970. E para comemorar o Jubileu de Prata da principal atração religiosa, cultural e turística do Município, várias ações estão programadas.

O registro histórico dos 50 anos da Paixão de Cristo será eternizado em um documentário que vai ouvir os integrantes do Grupo de Teatro “Padre Corsini”, que é coordenado pro Doralice Maria Artioli Munhoz, que participa do evento desde sua primeira edição. Serão resgatados, vídeos, fotos e depoimentos. Em paralelo, será montada uma exposição de fotos e objetos que vão retratar estes 50 anos de fé e evangelização.

“Em qualquer lugar que a gente vá e conta que é de Macatuba, as pessoas perguntam da Paixão de Cristo. Isso é um patrimônio histórico/cultural de nossa cidade e entendo que temos que valorizar o trabalho dos fiéis, que são todos atores amadores e voluntários. E vamos registrar estes 50 anos de história que também é a nossa principal atração turística”, falou o prefeito Marcos Olivatto.

A secretária de Cultura e Esporte, Lara Cardoso Mariano Pereira, explica que a exposição fotográfica será realizada no novo salão da Igreja Matriz de Santo Antônio. “Nós estamos organizando a exposição, resgatando e imprimindo fotos antigas e também escolhendo os objetos que vão ficar em exposição. Tudo está sendo feito junto com a equipe do Grupo de Teatro “Padre Corsini” e vamos abrir a exposição em março. Em um segundo momento vamos fazer uma exposição itinerante em todos os bairros. Em abril, vamos exibir o documentário dos 50 anos da Paixão de Cristo em Macatuba”, contou.

A preparação para a Semana Santa, que tem início no Domingo de Ramos (5 de abril) e termina no Domingo de Páscoa (12 de abril), já começou. A estrutura dos palcos está sendo montada na Rua São Paulo, em frente a Igreja Matriz de Santo Antônio. “Pedimos que os moradores entendam que foi preciso interditar a rua para que sejam evitados acidentes com os profissionais que estão trabalhando na estrutura. Outra informação importante é que estamos buscando o selo de MIT (Município de Interesse Turístico) para Macatuba e a Paixão de Cristo é o evento mais importante neste calendário”, ressalta Lara Cardoso.

A dramatização dos últimos dias de Jesus na Terra conta com a participação de cerca de 150 atores, todos membros da Paróquia de Santo Antônio.

As atividades teatrais seguem a liturgia da Igreja Católica e na Semana Santa serão dramatizados os principais aspectos bíblicos, como a entrada de Jesus em Jerusalém (domingo 5 de abril), a cerimônia de Lava-Pés (quinta-feira), a encenação da Paixão e Morte de Cristo (sexta-feira) e a ressurreição (sábado).

O maior público é esperado para a Sexta-Feira Santa quando o Grupo de Teatro “Padre José Corsini” realiza a representação do julgamento e crucificação de Jesus, com início às 16h, em frente a Igreja Matriz e conclusão no CEC de Macatuba.

Canais

 
 

Newsletter

Receba no seu e-mail as novidades da Prefeitura de Macatuba.

Contato

 

Paço Municipal "13 de Junho"
Rua Nove de Julho, 15-20
Vila Jacy - Macatuba - SP
CEP 17290-000

Tel. 14 3298-9800
O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Horário. seg-sex das 08:00 às 16:30

 

Fanpage