Ir para o conteúdo

Prefeitura de Macatuba - SP e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
Prefeitura de Macatuba - SP
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Rede Social YouTube
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
MAR
17
17 MAR 2021
Prefeitura de Macatuba oficializa interesse na compra da vacina Sputnik V
Carta de intenção foi enviada hoje ao vice-presidente adjunto do Fundo de Investimentos Diretos da Rússia

O prefeito de Macatuba, Anderson Ferreira, enviou hoje ao vice-presidente adjunto do Fundo de Investimentos Diretos da Rússia, Nikita Klimarev, uma carta de intenção para aquisição da vacina Sputnik V contra o novo coronavírus (Covid-19).

A carta, que foi encaminhada em anexo também ao diplomata e chefe de representação comercial da Rússia no Brasil, Viktor Vadimovich Sheremekter, reforça que a aprovação pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) é uma das condições para a efetivação da transação. No Brasil, a União Química é quem cuida do registro da Sputnik V na Anvisa. A expectativa é de que o uso emergencial da vacina seja aprovado ainda nesta semana.

“A carta de intenção é um primeiro passo para que possamos adquirir, de maneira independente, a vacina Sputnik V. Diante da morosidade na distribuição das doses por parte dos governos Federal e Estadual, acreditamos que essa compra realizada de maneira independente pelos municípios seja a melhor alternativa para acelerar o processo de vacinação da nossa população. Agora é aguardar a aprovação pela Anvisa e pelas autoridades russas e dar continuidade ao processo”, destaca Anderson Ferreira. A fase seguinte do processo citada pelo prefeito é efetivamente de negociações (quantidade, prazo de entrega, custo e pagamento).

A Sputnik V é produzida pelo Gamaleya National Center of Epidemiology and Microbiology e financiada pelo Russian Direct Investment Fund. A vacina, que é aplicada em duas doses em um período de 21 dias, tem 91,6% de eficácia e se tornou a primeira a ser autorizada para uso emergencial no mundo, em agosto de 2020, antes mesmo do fim dos testes clínicos.

Seta
Versão do Sistema: 3.0.0 - 03/05/2021
Copyright Instar - 2006-2021. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia