Ir para o conteúdo

Prefeitura de Macatuba - SP e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
Prefeitura de Macatuba - SP
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Rede Social YouTube
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
JAN
25
25 JAN 2021
Prefeitura aciona Defesa Civil do Estado para avaliar instalações do CAIC
Prédio, que é utilizado por cerca de 700 crianças, apresenta problemas graves na estrutura física; visita deve ocorrer na quarta-feira (27)

A Prefeitura de Macatuba acionou a Defesa Civil do Estado de São Paulo e o IPT (Instituto de Pesquisas Tecnológicas) para uma avaliação da estrutura física da Escola Municipal CAIC Cristo Rei, principal prédio do complexo CAIC Trajano Maciel Filho e onde estudam cerca de 700 crianças. A visita deve ocorrer na próxima quarta-feira (27), data em que os técnicos vão analisar se as condições do imóvel são passíveis ou não de uma interdição.

Os problemas estruturais começaram a ser observados no primeiro trimestre 2019, quando um forte barulho foi percebido pelos alunos e por uma professora em sala de aula. Na época, o setor de engenharia da Prefeitura emitiu um laudo de que não havia perigo para os usuários do prédio. Após 15 dias, foi emitido um novo laudo por uma empresa especializada contratada pela Prefeitura, no dia 24 de junho de 2019. Chegou-se à conclusão da “existência de patologias graves, danos e configurações típicas de problemas graves de estrutura física, comprometendo a estrutura do prédio; tornando o prédio do CAIC inseguro”.

Um estaqueamento na estrutura foi feito em abril de 2020, porém, novas situações que poderiam comprometer o imóvel começaram a ser observadas, entre elas vazamentos nos banheiros, vazamentos nas canaletas, a dilatação das paredes e abertura nas vigas de sustentação do corredor central. Neste ano, durante reforma para tentar resolver algumas destas questões, o chão cedeu em um ponto de vazamento, também no corredor central, causando mais preocupação.

“Para resolvermos toda esta situação da melhor maneira possível, esperamos a Defesa Civil do Estado para fazer a vistoria junto com o IPT. Independentemente da decisão final, nós queremos manter segurança das crianças, pais, professores e funcionários que todo dia fazem uso do prédio como ambiente educacional, de socialização, de atendimento e de trabalho”, garante o secretário de Educação e Juventude de Macatuba, Adriano Aparecido Queiróz.

O prefeito Anderson Ferreira já trabalha com a possibilidade de interdição do prédio, mas mantém esperanças de que os problemas sejam resolvidos de maneira rápida e eficiente. “O problema na Escola Municipal CAIC Cristo Rei é bastante sério e, desde o início do mandato, estamos reunindo esforços para resolvê-lo. Após avaliação de nossa equipe de engenheiros e também da Defesa Civil do município, decidimos por bem acionar a Defesa Civil do Estado para uma avaliação mais técnica”.

Vale lembrar que o Governo de São Paulo decidiu adiar o início das aulas e suspender a obrigatoriedade da presença física dos alunos em sala. A decisão foi tomada após mais uma semana de agravamento da pandemia no estado. Diante da indecisão, o Poder Público do município de Macatuba mantém contato frequente com os comitês e conselhos constituídos para avaliar a retomada em comum acordo, garantindo que tudo ocorra de forma coerente e segura para todos.

Seta
Versão do Sistema: 3.1.0 - 07/06/2021
Copyright Instar - 2006-2021. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia